10.9.07

De outro planeta


Isto Novak Djokovic ainda não consegue imitar...

3 comentários:

Luís Figueiredo disse...

De facto Roger Federer, é sem dúvida o melhor tenista de todos os tempos, o mais completo a todos os níveis, e esta final foi demonstrativa de todo o seu potencial, jogando a um nível inacreditavel, e com uma confiança inabalável veja-se os 7 pontos de break que salvou nos 2 primeiros sets....
No entanto continua em falta um título do Grand Slam - Roland Garros - tal como todos os grandes campeões do passado há sempre uma superficie em que não se dão bem( ou não tão bem) excepção feita a André Agassi que logrou obter triunfos nos 4 Grand Slam embora em anos diferentes. No entanto acredito que esse triunfo irá chegar com naturalidade e quem sabe já no proximo ano, por isso vamos estar atentos à preparação da sua época de terra batida e quais os torneios que escolherá nesta superficie no proximo ano...
O record de Pete Sampras de 14 títulos de Grand Slam julgo ter os dias contados...

Pedro C. Azevedo disse...

Concordo totalmente.
E também admito que Roland Garros é um espinho na garganta. Tanto é que já ponho a possibilidade de ir lá assistir a alguns jogos no próximo ano...

Luís Figueiredo disse...

Pode ser que nos encontremos lá para o ano. Já estive para ir ver Roland Garros por varias vezes, mas por uma razão ou por outra acabo por não ir,mas julgo para o ano não me escapará....
De todos os "Slams" é o que mais aprecio, uma vez que se disputa em terra batida, piso que em minha opinião é o mais espectular para a prática da modalidade, quer pelos longos pontos, quer pela magia das trocas de bolas, por vezes com aberturas de ângulos incríveis, o que por si só torna o espectaculo inolvidavel e muitas vezes com autenticas maratonas com duração próxima das 4 horas de jogo!!!! Isto sim são Desportistas/Atletas