11.10.07

O regresso do menino-guerreiro

Se eu tivesse que vender jornais certamente que estaria feliz com o regresso de Santana Lopes mas penso que a confirmar-se será trágico para o PSD. Claro que Santana não deixa o partido em paz, antes de mais, por que não tem nada melhor para fazer. A verdade, é que sendo fruto da degradação sucessiva dos quadros do PSD, ao menino-guerreiro, mesmo sendo um ex-primeiro-ministro, ninguém reconhece credibilidade nem competência para um alto cargo fora da vida partidária (com excepção do Luís Delgado). O responsável por uma das maiores derrotas eleitorais do PSD, pode agora regressar como o novo líder parlamentar. Menezes parece disposto a caucionar o disparate!

1 comentário:

Archimedes de Sá Freire Filho disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.