9.11.07

Outros horizontes

"Uma carta de António Cunha Vaz" no Abrupto.

Sem comentários: