26.5.06

ANF

A Associação Nacional de Farmácias está, como seria de esperar, contra as medidas (tímidas) do governo em começar a liberalizar o acesso à propriedade de farmácias. Diz a ANF que o modelo actual é o "melhor serve os interesses dos doentes". O que na realidade deveria afirmar é que este modelo é o que melhor serve o enriquecimento dos seus associados. Aplauda-se no entanto a coragem do actual governo em começar a alterar este modelo que assegura um privilégio inaceitável a um grupo de afortunados.

1 comentário:

Mário de Sá Peliteiro disse...

A começar dizes bem. Um passo mínimo. lol.